Como me tornar um Piloto de Avião?

Publicado: 22/06/2010 em Profissional
Tags:, , , ,

Extraído de: http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20071216115832AAOVT73

O estudo para aviação não baseia-se somente em livros e apostilas. É mais do que necessário ter um grupo de pessoas amigas dispostas a ajudar o próximo sempre que preciso. Por este motivo que existem os aeroclubes, escolas encarregadas do ensino teórico e prático do aluno. Consideradas o “berço da aviação”, é na realidade em muitos casos uma grande família! Portanto, o primeiro passo para se tornar um piloto é procurar o aeroclube mais próximo de sua região e se informar sobre o preço e custo total do curso: teórico e prático. Lembramos que o curso teórico para PP (Avião e Helicóptero) não é mais necessário ser feito numa escola homologada paga. Pode-se perfeitamente ser um autodidata e estudar para as bancas do DAC. Piloto Privado de Avião Requisitos mínimos: – 18 anos – 1º grau completo – 40 horas de vôo – CCF de 2ª classe (certificado de capacidade física) – Matérias para a banca do DAC: Regulamento de Tráfego Aéreo Visual Teoria de Vôo Navegação Aérea Meteorologia Piloto Comercial de Avião Requisitos mínimos: – 18 anos – 2º grau completo – 150 horas totais de vôo. (Já com as 40hrs do PP) – CCF 1ª classe – Certificado IFR (vôo por instrumentos)

Como você se sente exercendo essa profissão? Do que você mais gosta nela? Como é ser piloto de avião?
Tenho muita satisfação e orgulho por ser aviador. O que eu mais gosto na profissão é ter oportunidade de estar em contato com pessoas e lugares novos, assim como poder voar em aviões diferentes.

Qual é a principal prioridade de um piloto ao transportar pessoas?
Na aviação, trabalhamos com três prioridades inseparáveis: segurança, conforto e economia, nessa ordem.

O que fez você escolher essa profissão?
Primeiramente, a paixão pelos aviões e pelo vôo em si; em segundo lugar, a possibilidade de uma carreira interessante e diferente.

Há alguns anos, ser piloto de avião era sinônimo de status e glamour. E hoje, para você, o que é ser um piloto de avião?
Antigamente, associava-se a profissão ao perigo e à aventura, o que gerava o referido glamour. Esse modelo de aviador perdeu-se no tempo. Hoje, o piloto é um profissional altamente capacitado, que voa em aviões extremamente seguros, com toda a tecnologia a seu favor.

Durante quantas horas você trabalha?
As jornadas de trabalho variam de acordo com o tipo de vôo e a rota a serem feitos, o número de pessoas que compõem a tripulação e outros fatores. Mas trabalhamos aproximadamente o mesmo tempo que outros profissionais. Além do vôo, há dias em que ficamos à disposição da empresa como pilotos em sobreaviso (uma espécie de reserva) e dias reservados aos treinamentos, como regulamentos de tráfego aéreo, técnica de equipamento (estudo dos sistemas do avião em que voamos), combate a incêndios, primeiros socorros, cargas perigosas e outros assuntos. Pela regulamentação da profissão, temos no mínimo oito folgas por mês.

A sua profissão é muito perigosa?
Nos dias de hoje, ela é muito segura.

O que é importante e jamais pode ser esquecido pelo piloto durante seu trabalho?
O compromisso com a segurança. 

Qual é o momento mais difícil em sua profissão?
Como em qualquer profissão, o começo é mais difícil. A colocação no mercado de trabalho requer bastante empenho e dedicação.

Quais são as dificuldades que você enfrenta ao desempenhar suas atividades?
Eu considero os vários dias longe da família e amigos uma dificuldade que não tem solução.

Qual é o maior problema que os pilotos enfrentam?
A aviação no país passa por uma fase muito delicada. Há empresas com problemas financeiros e uma grande concorrência para as vagas de trabalho. Essa incerteza gera uma certa preocupação entre os colegas. Mas esse quadro dá indícios de melhora.

Por algum momento você pensou em desistir dessa profissão?
Nunca.

Alguém que tem fobia de altura consegue se tornar um piloto? Como?
Quando a pessoa passa a conhecer o funcionamento do avião e estudar as técnicas de pilotagem, começa a confiar muito no equipamento que está em suas mãos. Essa confiança pode diminuir uma eventual fobia de altura ou medo de voar. Uma visita a um psicólogo também pode resolver o problema.

Que habilidades um profissional de sua área deve ter? Fale um pouco sobre a formação de um piloto.
Existem dois caminhos para a formação do piloto profissional: um deles é a formação civil; e a outro, a carreira militar. Para a formação civil, há diversos aeroclubes e escolas de pilotagem espalhados pelo Brasil que ministram cursos de piloto privado e piloto comercial. Para ser piloto privado ou desportivo, basta ter o Ensino Fundamental. Já para seguir a carreira de piloto comercial, é preciso ter concluído o Ensino Médio. Existem também algumas faculdades particulares que possuem o curso de Ciências Aeronáuticas com ênfase em Piloto Comercial, que tem duração de três anos e ainda está em fase de reconhecimento pelo MEC. Para seguir a carreira militar, o jovem tem a possibilidade de cursar a Escola Preparatória de Cadetes do Ar, prestando concurso no final da oitava série do Ensino Fundamental, ou participar do vestibular da Academia da Força Aérea após concluir o Ensino Médio.

Que curso um piloto de avião deve ter?
Para ser profissional na aviação civil, o piloto deve ter no mínimo o Ensino Médio completo, ter concluído os cursos de Piloto Privado e Piloto Comercial e acumulado pelo menos 150 horas de vôo. A fluência na língua inglesa é desejável. Outro pré-requisito importantíssimo é o exame médico realizado todo ano, o qual atesta a integridade física do piloto enquanto ele desejar voar.

Você é formado como piloto ou tem outra profissão também? Eu cursei o Segundo Grau Técnico, sou técnico em eletrônica, mas tenho como profissão apenas a de piloto comercial.

Quanto tempo é preciso estudar para ser piloto?
O curso teórico de Piloto Privado tem a duração de quatro meses, e o aluno deve acumular 35 horas de vôo em até dois anos. Após essa fase, ele tem de freqüentar o curso de Piloto Comercial por mais quatro meses e acumular um total de 150 horas em até dois anos.

Com que idade se entra nessa escola e como se faz para conseguir isso?
A idade mínima para o aluno freqüentar as aulas é de 17 anos, mas ele deverá completar 18 anos para obter a licença de piloto privado e poder voar sozinho. Para o piloto comercial, a exigência é ter, no mínimo, 18 anos. Existem diversos aeroclubes e escolas de pilotagem espalhados por todo o Brasil. Os interessados devem procurar a instituição mais próxima de sua cidade e pedir informações. Quem se interessa pela carreira militar deve informar-se nas unidades militares mais próximas de sua cidade (bases aéreas, quartéis e tiros de guerra).

Para se tornar piloto de avião, o que é preciso estudar e por quanto tempo?
Nos cursos básicos de Piloto Privado e Piloto Comercial, estudamos as seguintes matérias: regulamentos de tráfego aéreo, teoria de vôo, conhecimentos técnicos de motores e aeronaves, meteorologia e navegação aérea. Esses cursos têm duração de quatro meses, e a parte prática tem o prazo de dois anos para ser concluída em cada curso.

Quantos anos de estudo são necessários para exercer a profissão de piloto de avião?
Para ser habilitado como piloto comercial, o aluno deve completar no mínimo 150 horas de vôo. Essa habilitação já permite que o piloto possa trabalhar. O tempo de estudo depende da rapidez com que o aluno realiza seus vôos de treinamento. Em média, leva-se de três a quatro anos. 

Com que idade você percebeu sua vocação para piloto?
Meu pai era pára-quedista quando eu era criança. Desde muito cedo, eu freqüentava o Aeroclube do Paraná, em Curitiba (PR), e todo fim de semana eu podia ver de perto os aviões voando. Por isso, a idéia de ser piloto sempre esteve em minha cabeça.

Com quantos anos você começou a pilotar um avião? Com 18 anos.

Quando descobriu o que queria ser quando crescesse?
Sempre sonhei em ser aviador, mas tomei a decisão de me tornar um piloto comercial quando tinha 18 anos e estava concluindo o Ensino Médio.

Qual é a idade máxima para ser piloto de avião? Para as grandes companhias aéreas, a legislação no Brasil impõe o limite máximo de 60 anos de idade para o piloto, mas, para outras categorias de vôo, como aviação executiva, táxi-aéreo e aviação agrícola de pulverização, o limite é a validade do exame anual de saúde. Nesses casos, enquanto for considerado saudável e apto para o vôo, o piloto poderá desempenhar suas funções a bordo das aeronaves. 

Depois de quanto tempo de trabalho consegue-se recuperar o valor investido no curso para piloto?
Essa é uma questão interessante. Isso vai depender muito da situação pela qual a aviação esteja passando. Nos últimos três anos, houve uma retração no mercado, o que aumentou muito a concorrência em relação às vagas oferecidas, mas esse quadro está revertendo-se. Se fizermos um cálculo tomando como base a aviação comercial de grande porte, vamos observar que um aviador selecionado em uma companhia aérea leva em torno de dois anos para recuperar o valor investido em seus cursos básicos. Se não fosse piloto, que outra profissão você escolheria? Comandante de navio, oceanógrafo ou professor de Educação Física.

Você tem vontade de ser professor do ITA e piloto de teste dos caças que os USA fabricam?
Os cursos do ITA enfocam as áreas tecnológicas e de engenharia aeronáutica. Apesar de gostar muito de tudo que se relaciona a aviões, conhecer projetos e estudar os aspectos técnicos, prefiro pilotar. Quanto a ser piloto de testes, os aviões de caça são pilotados exclusivamente por militares, mas certamente eu gostaria de ter uma máquina dessas sob meu comando. No Brasil, existem pilotos civis que trabalham como pilotos de testes na Embraer, com os protótipos dos aviões de transporte daquela indústria. Esse é um trabalho que me atrai. 

Como é a vida familiar de um piloto de avião, já que nem sempre ele está em terra?
Apesar de ficar vários dias longe da família e amigos, acabamos acostumando-nos a adaptar a vida pessoal à escala de trabalho. No começo, é um pouco difícil, mas, com o passar do tempo, torna-se normal. Estando nos ares constantemente, sobra um tempinho para namorar? Com certeza, não podemos esquecer de nossa vida pessoal, não é mesmo? Temos tempo para namorar, passear, ir ao cinema e ao teatro e praticar esportes. A vida de um piloto é boa? Eu considero a minha vida excelente.

Como foi seu primeiro vôo? Você sentiu um “frio na barriga”? Foi emocionante? Você passou mal? 
Lembro-me com carinho de meu primeiro vôo de instrução. Havia uma mistura de ansiedade para descobrir como seria pilotar um avião e de felicidade por estar realizando um sonho que me acompanhou por tanto tempo.

Como se sentiu no seu primeiro vôo como profissional?
Fiquei muito feliz e emocionado, pois naquele dia tive a confirmação de que havia escolhido a profissão certa para mim. Você teve medo na primeira vez em que voou sozinho? Medo não, mas uma sensação muito interessante, pois estava ali sem instrutor, éramos somente eu e o avião.

Qual foi seu vôo favorito?
Cada vôo que faço é diferente do outro e todos me trazem felicidade. Já fiz muitos vôos que jamais vou esquecer. Mas o primeiro vôo sozinho será sempre muito especial. Que dia maravilhoso foi aquele! Como é se sentir tão próximo das nuvens? É muito difícil explicar. Estamos lá, voando como pássaros juntinho das nuvens, às vezes dentro delas… a sensação é de superar os limites que a natureza nos impõe sem perder o respeito por ela.

Você já viu sua casa lá do alto? Como você se sentiu? E algum pássaro?
Já vi sim, ela fica bem pequena. Toda vez que posso sobrevoar minha casa, é emocionante. Quanto aos pássaros, vejo sempre alguns, mas é melhor quando eles não estão muito perto, pois o choque com um pássaro pode danificar o avião.

Qual foi o vôo mais interessante que você já fez? Fale um pouco sobre suas viagens. 
Todos os vôos, por mais curtos e simples que sejam, são interessantes. Mas, quando sobrevoamos regiões de grande beleza, como montanhas, o Pantanal, a Floresta Amazônica e o litoral, esses vôos se tornam emocionantes pela beleza.

Você já viu alguma coisa muito incrível enquanto estava pilotando?
Em um vôo noturno para transporte de cargas, eu tive a experiência de presenciar um objeto não identificado voando ao meu lado. Foi algo realmente incrível.

Você já teve alguma experiência marcante no ar?
Esse episódio com o óvni foi bem marcante. Vôos transportando enfermos ou feridos para serem atendidos em hospitais também são especiais.

Qual foi a viagem mais interessante que você já fez?
Como já comentei, todo vôo é interessante, pois de forma alguma teremos outro igual. Mas é lógico que existem alguns que são lembrados com muito carinho: vôos na região amazônica, onde pude ter contato com tribos indígenas; sobrevôo do litoral nordestino; sobrevôo da Chapada Diamantina, no interior da Bahia; chegada em noite bem clara a São Paulo, vendo as luzes de toda a cidade; e pouso no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, onde sobrevoamos o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar.

Conte uma aventura inesquecível vivida por você no ar. Que lugares legais você pôde conhecer nessa profissão?
A aviação me possibilitou conhecer praticamente todo o país; não fui ainda apenas aos estados de Roraima e Amapá. Em cada lugar, descobrimos a beleza natural e os costumes do povo que ali vive quando temos um tempo maior de permanência.

Dos lugares que visitou a trabalho, de qual deles você mais gostou? Que região do Brasil você mais gosta de sobrevoar? Por quê?
Existem diversos lugares de que gostei. Dentre eles, posso citar as capitais do Nordeste; a cidade de Lençóis, na Bahia; a cidade de Carajás, no Pará; o Pantanal do Mato Grosso e Florianópolis, em Santa Catarina. Você já deu a volta ao mundo? Infelizmente, ainda não. Espero ter oportunidade de fazer isso um dia.

Você já viajou para bem longe do Brasil?
Já, mas a passeio.

Você já teve oportunidade de voar para outros países?
Somente na América do Sul: Argentina, Paraguai e Uruguai.

Como você se sente no ar?
O vôo para mim é a realização dos sonhos de inúmeras pessoas, desde os de pioneiros da aviação, no início do século XX, até os meus próprios sonhos. Sinto que, de alguma forma, faço parte da realização de todos esses sonhos e que estou contribuindo para o futuro e o avanço da aviação.

Que tipo de sensação você tem quando está voando? Qual é a sensação de pilotar um avião e ficar acima das nuvens?
A sensação de voar é indescritível para mim. Algumas pessoas sentem medo; outras, euforia. Eu apenas me sinto feliz, sinto que estou no meu lugar, no meu espaço. Eu sequer consigo explicar a real sensação de voar. E pilotar um avião, ter o domínio da máquina no vôo proporciona essa felicidade para mim.

É legal ir ao céu?
É muito legal. Sempre. 

É difícil pilotar um avião? Que tipos de avião você já pilotou?
A aviação exige muito estudo e treinamento, mas eu garanto que não é difícil pilotar aviões. Já pilotei quase 18 tipos diferentes, desde pequenos monomotores antigos, passando por bimotores executivos, até aviões de grande porte na aviação comercial.

Como é pilotar com mau tempo?
O mau tempo requer atenção redobrada e conhecimento das técnicas de pilotagem em condições adversas e das limitações do avião. Não existe, de forma alguma, relação com medo e pânico. Temos informações meteorológicas constantes e equipamentos eletrônicos a bordo que nos auxiliam no vôo.

Você pilota sozinho ou acompanhado?
Depende do tipo do avião. Pequenos aviões geralmente requerem apenas um piloto. Já aviões maiores, com mais equipamentos a serem operados a bordo, exigem a presença de dois pilotos na cabine de comando.

É muito difícil pilotar o avião à noite?
É tão fácil quanto pilotar de dia. A única diferença é que temos à disposição menos aeroportos que têm luzes e equipamentos para pousarmos e decolarmos à noite. Particularmente, eu gosto mais de voar à noite.

Como você faz para pousar um avião quando está escuro?
As pistas dos aeroportos que são homologados para operações noturnas possuem luzes que delimitam o seu comprimento e largura. O avião também tem faróis potentes e iluminação interna dos instrumentos de bordo.

A cabine de comando do piloto é cheia de botões… É muito difícil saber a função de cada um deles?Quanto tempo você levou para decorar as funções de cada botão? Quantos botões há no painel do avião?
Cada modelo de avião tem botões diferentes para funções diferentes. Existem aviões antigos e pequenos que têm menos botões que o carro do pai de vocês! Mas os aviões maiores realmente têm vários botões, indicadores e mostradores (os famosos “reloginhos”). Para conhecermos as funções de cada um desses componentes, fazemos um curso especial de cada avião que vamos pilotar. Cada modelo de avião tem diferente quantidade de equipamentos e botões.

É difícil decorar os botões do avião?
Na verdade, não decoramos cada botão. A filosofia é entender o que cada botão faz e quando deve ser usado. Parece difícil, mas, na prática, é bem simples.

No começo de sua carreira, nunca aconteceu de você apertar algum botão errado?
Conte como foi. Existe a idéia de que qualquer botão que for apertado por engano ou de que qualquer coisa fora do normal que aconteça fará com que o piloto perca o controle do avião. Isso não acontece dessa maneira. O avião, por natureza de construção, é estável. Isso possibilita que a pilotagem seja tranqüila e, mesmo que o piloto aperte um botão errado, que ele tenha tempo suficiente para corrigir o erro.

Em que a torre de comando auxilia o piloto? 
A torre de controle, bem como os serviços de radar, são responsáveis pela separação dos aviões no espaço aéreo. Como nas regiões próximas aos aeroportos há uma maior concentração de tráfego aéreo, os aviões passam a voar mais próximos uns dos outros. Cabe à torre de controle informar e calcular a separação entre os aviões. Muitas pessoas têm uma idéia muito errada do que é a torre de controle. Em filmes, vemos controladores na torre e pessoas que estão na cabine dando “dicas” aos pilotos para pousarem, que botão apertar e outras coisas. Isso é besteira. O responsável pelo vôo e pelo que fazer na cabine é o piloto do avião. Tanto é verdade que, na maioria dos aeroportos no Brasil e no mundo inteiro, não há torre! Nesse caso, a separação entre os aviões em vôo é feita pelos próprios pilotos via rádio. Somente os aeroportos com um grande fluxo de tráfego aéreo possuem torre de controle.

O que significa aeroporto operado por aparelhos? Qual é a importância da torre de comandos para os aviões que estão no solo ou no céu?
O termo correto é operação por instrumentos. A operação por instrumentos tem como finalidade auxiliar os pilotos a pousar, decolar e navegar em segurança quando as condições meteorológicas não são favoráveis ao vôo visual, ou seja, quando há mau tempo, chuva, nevoeiro ou nuvens muito baixas, não conseguimos enxergar o chão nem o aeroporto. Por isso, nos aeroportos, contamos com aparelhos eletrônicos e, nos aviões, com instrumentos que nos permitem saber exatamente onde estamos mesmo quando não conseguimos enxergar nada. Obviamente, existe uma altitude mínima em que o piloto, quando está aproximando-se para pouso por instrumentos, deverá avistar a pista e prosseguir para o pouso visual.

Como você se sente em um avião com outro profissional pilotando?
Como conheço bem a qualidade do treinamento que as empresas dão aos aviadores, sinto-me tranqüilo.

Quantos passageiros cabem em um avião? E o que é táxi-aéreo?
Isso depende do tamanho do avião. Existem aviões que têm espaço apenas para o piloto, mas há grandes aviões de transporte que podem levar aproximadamente 800 pessoas (Airbus A380)! Táxi-aéreo são empresas aéreas que possuem aviões e helicópteros para fretamento (aluguel). Elas têm a mesma programação de treinamento e segurança das grandes empresas aéreas. Você é responsável por sua vida e pela de muitas pessoas que estão com você durante uma viagem ou um vôo.

O que tem a nos dizer sobre essa responsabilidade?
Esse comentário é correto. Toda e qualquer operação envolvendo aviação tem como base a segurança. Nossos treinamentos, avaliações e exames médicos são realizados com essa finalidade. Mas existe algo que devemos ter ao tomarmos uma decisão, que é bom senso, pois, normalmente, temos muito pouco tempo para avaliar uma situação e tomarmos a atitude correta. A segurança deve estar sempre em primeiro lugar.

Você já presenciou algum acidente de avião? Como foi? Qual é o maior perigo dos ares? 
Há alguns anos, presenciei um acidente em Curitiba. O piloto já havia tocado a pista no pouso quando uma das pernas do trem de aterrissagem destravou e se recolheu. Felizmente, não houve feridos. Eu considero como os maiores perigos a falta de manutenção nos aviões e a negligência quanto ao treinamento dos tripulantes. Felizmente, no Brasil, existe uma cultura aeronáutica muito responsável, e nossos índices de acidentes são baixos.

Você já sofreu algum acidente aéreo? Como foi? Já aconteceu algum acidente com você e o avião?
Felizmente, nunca me envolvi em nenhum acidente ou incidente aéreo.

Você já passou por alguma situação de perigo enquanto pilotava?
Não posso considerar como situação de perigo. Digamos que uma parada de motor é uma situação delicada.

Qual foi a maior falha mecânica vivenciada e superada por você? Você já teve problemas mecânicos com o avião que pilotava? Como foi? O avião já falhou em pleno vôo? Conte-nos uma situação de perigo que você viveu nas alturas e sobre como você se saiu. Você já passou por momentos difíceis no ar? Alguma vez em que estava voando você teve algum problema com a aeronave?
Uma parada de motor em uma decolagem com um bimotor. Estava transportando carga. Mas consegui retornar ao aeroporto e pousar. 

Cite um momento em que você sentiu medo durante um vôo.
Em situações de emergência, não sentimos exatamente medo, mas um alerta total. Tentamos de todas as formas resolver o problema o mais rápido possível. Depois de tudo resolvido, pode ser que exista um “friozinho na barriga”, pois também somos seres humanos.

Você vivenciou algum pouso de emergência? Alguma vez você ficou sem combustível durante o vôo? Você já realizou alguma manobra superperigosa, tendo de fazer um pouso forçado?
Não.

Você já cometeu algum erro em seu trabalho? Qual?
Existe sempre a possibilidade de uma distração fazer com que o piloto cometa um erro. Felizmente, nunca cometi nenhum erro que comprometesse a segurança do vôo.

Em alguma viagem conduzida por você, aconteceu de um passageiro passar gravemente mal?
Não, mas temos treinamento de primeiros socorros para o caso de isso acontecer.

Você já teve medo de deixar o avião cair? O avião não despenca do céu, como a maioria das pessoas pensa. Ele é muito estável. Eu nunca tive medo, pois sei como o avião funciona e por que ele voa.

Qual é o seu maior medo?
Não poder voar.

Quais são as manobras que você mais gosta de fazer?
O vôo inteiro é legal, mas o que eu mais gosto é do pouso. Existem as manobras acrobáticas, de que também gosto, mas essas só devem ser feitas em aviões especialmente fabricados para acrobacia.

O que você considera mais perigoso em sua profissão?
A falta de manutenção e de treinamento.

Você já salvou vidas? Nunca trabalhei como piloto em empresas de resgate aéreo, mas gostaria muito de fazer isso.

Quais são os perigos que o piloto de avião enfrenta?
Nossa profissão não é perigosa; pelo contrário, é muito segura.

Durante um vôo, você já enfrentou alguma turbulência?
Em quase todo vôo, de alguma forma há turbulência. Ela não deve ser considerada como algo perigoso. É desagradável para os passageiros, que, como não estão acostumados, podem enjoar e ficar com medo. Podemos comparar a turbulência ao sobe e desce das ondas num passeio de barco. Mas existe um certo nível de turbulência, conhecido como turbulência severa, que evitamos a todo custo. Normalmente, está associado a nuvens de tempestade, das quais sempre desviamos.

Já aconteceu algum assalto ou seqüestro em um vôo em que você pilotava?
Não.

Você já teve de se ejetar? Em que caso se costuma fazer isso?
Os assentos ejetores são usados por pilotos militares em aviões de caça. Como sou piloto civil de transporte, os aviões em que vôo não possuem esse equipamento e, obviamente, nunca os utilizei. 

A quantos metros do chão um avião pode voar? Que velocidade um avião pode atingir? Qual é a maior altitude que um avião pode atingir? 
Existem aviões militares que atingem mais de 25 km de altura e mais de três vezes a velocidade do som.

Qual foi a maior altura em que você conseguiu voar?
Dez mil metros.

Você nunca teve medo de altura?
Não.

Até quantos pés de altitude consegue voar o avião que você pilota?
33 mil pés (dez mil metros).

Qual foi a distância máxima em que você já pilotou?
Em um vôo sem paradas para reabastecer, já percorri 1.600 km.

Em que camada da atmosfera vocês voam?
A maioria dos aviões voa na troposfera, mas alguns atingem a tropopausa em algumas latitudes do globo terrestre. 

Você pertence ou gostaria de pertencer à Esquadrilha da Fumaça? 
A Esquadrilha da Fumaça pertence à Força Aérea Brasileira, portanto, é militar. Como sou piloto civil, não posso fazer parte dela. Mas é claro que voar fazendo acrobacias em esquadrilha, como esses profissionais fazem, é o sonho de qualquer piloto.

Quando foi a última vez que você fez acrobacias?
O último vôo de acrobacia que fiz aconteceu em agosto.

Quantas horas de vôo um piloto precisa ter para poder voar em um Boeing? Você já pilotou um Boeing? 
Teoricamente, um piloto com 150 horas de vôo pode fazer parte da tripulação de um Boeing, mas as companhias aéreas exigem, em média, 1.500 horas. Tenho, hoje, 3.000, mas ainda não tive a oportunidade de pilotar esse tipo de avião.

Qual foi o maior avião que você já pilotou?
Estou em treinamento num avião francês chamado ATR42, com capacidade para 50 pessoas.

Como é pular de pára-quedas? O que as pessoas sentem quando pulam? E quanto tempo depois de saltarem do avião o pára-quedas demora para se abrir? 
O salto de pára-quedas é uma das experiências mais fantásticas que eu tive em minha vida. Normalmente, ele é realizado a 4 ou 5 mil metros de altitude, o que permite uma queda livre de aproximadamente 30 segundos.

Alguma vez, durante um salto de pára-quedas, você passou por algum “apuro”? Já aconteceu de você se prender ou de quebrar a corda do seu pára-quedas?
Nunca tive nenhum acidente ou problema no pára-quedismo

Como o Brasil está em relação aos avanços da tecnologia aérea se for comparado aos países de Primeiro Mundo? 
Em relação à qualidade de treinamento e pilotagem, os pilotos brasileiros estão entre os melhores do mundo. Na aviação comercial, as empresas aéreas estão modernizando suas frotas, adquirindo aviões mais novos, com projetos de vanguarda. Temos ainda uma indústria que é um orgulho nacional chamada Embraer, que produz jatos de transporte que são exportados para todos os continentes. Na aviação militar, o país está em desvantagem em relação aos países de Primeiro Mundo. O governo federal tem um projeto que se inicia no próximo ano de modernização e ampliação da frota de aeronaves da Força Aérea Brasileira, para que assim, o Brasil possa ter proteção e manter a soberania aérea em nosso território.

About these ads
Comentários
  1. Edzão disse:

    FIRST !!!!!!!!!

    Brinks é um carreira interessante, as vezes eu pretendo seguir nessa profissão

    • keelvy agramell agra de melo disse:

      ola noro na paraiba na cidade de campina grande a 130 km da capital joão pessoa tenho 16 anos e ja tenho total certeza que quero se piloto civil mas mão sei quais passo devo seguir. Se pode por favor me ajude

      • Wanderley Monteiro disse:

        Ola Procure o aeroclube mais proximo e se informe, sucesso.

  2. keelvy agramell agra de melo disse:

    Obrigado Wanderley Monteiro um dia espero ser um grande piloto como você, se poder mantenha comtato pelo meu email keelvyg1@hotmail.com fale sobre este mundo imcrivel da aviação

  3. keelvy agramell agra de melo disse:

    Ola eu queria saber qual a diferença emtre um piloto privado e um piloto comercial e tambem qual é a melhor escolha

    • Wanderley Monteiro disse:

      Piloto comercial é quem trabalha como piloto, ou seja exerce a profissão e é remunerado. Piloto privado é aquele que pilota sem fins comerciais, ou seja sua propria aeronave ou de amigos.

  4. Daniel disse:

    existe algum meio mais facil para virar um piloto militar depois de formado em aviação civil?

  5. Daniel disse:

    qualquer coisa por favor entre em contato neste email

  6. Léa disse:

    Muito legal essa reportagem. Eu tenho um sonho de ser piloto um dia e quero sentir tudo isso também e me orgulhar de estar voando!

  7. keelvy agramell agra de melo disse:

    Ola Wanderley Monteiro eu pretendo fazer um curso de pilotagen no ano que vem , mas so que eu pretendo trabalhar mesta aria e pretendia fazer o curso de piloto comercial mas so que o funcionario de lá me disse que primeiro era preciso fazer o curso de piloto privado pra depois fazer o de piloto comercial mas so eu queria saber quanto gasta na formação de um piloto ao total e seprimeiro é preciso fazer o curso de piloto privado.

  8. keelvy Agramell disse:

    O la Wanderley Monteiro tenho um grande imterese em saber quanto é basicamente gasto na formação de um piloto comercial e civil obrigado.

  9. keelvy Agramell disse:

    Tambem queria seber quanto ganha em media um piloto comercial e privado e qual lugar do brasil é mais imdicado para se comersar um carreira de pilotagem. obrigado

  10. TONY SJRP-SP disse:

    tenho muita vontade de ser piloto…acho muito bonito e sei que para uma pessoa estar dentro de uma aeronave tripulando ela se dedicou muito e lembrando que as dificuldades da vida traz prosperidades…não tenho condição de ser piloto no momento e ja estou com 28 anos quem sabe ainda consigo!!!!!!!

  11. Lucas disse:

    Meu sonha e ser PILOTO COMERCIAL mas tenho apenas 13 anos tenho muito tempo ainda para estudar para ser piloto gosto muito de ver fotos de aviao ir ao aeroporto ver os aviões e estudo muito na Internet sobre o avião… E começei a sonhar em ser piloto quando fui pela 1º vez num aeroporto e vi a quele avião enorme eu tinha 9 ANOS…

  12. gustavo disse:

    achei muito bom esse reportagem pois tirei minhas duvidas

  13. izaac diego maia disse:

    quero ser um piloto de aviao

  14. mariel batista disse:

    eu estava querendo ser agente de turismo.
    quando minha mãe comprou o primeiro computador eu mudei de ideia por que eu comecei a ver os videos de aviões , como se pilota como é feito ,eu gostei.
    é dificil e caro mas estudando vc consegue um dia eu vou ser um grande piloto

  15. luan disse:

    qual seria a altura máxima e a altura minima para se torna um piloto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s